quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Tinta no cabelo

Por Lenyssa



Eu já contei aqui no blog sobre a minha longa história com coloração dos fios. Pra quem não lembra, vamos a um Mini flash-back:

Comecei a pintar os cabelos aos 15 anos, porquei achei que era uma mocinha e precisava mudar. Aos 20, cansei dos fios danificados, assumi meu tom natural (castanho claro) e descobri que adorava os cabelos no tom que Deus me deu. Mas o destino foi ingrato e passei pouco mais de um ano longe da tinta, pois vieram os fios brancos que insistem em me atormentar. Resumindo: Hoje sou escrava da coloração!

Fazendo as contas, eu uso tintura nos fios há mais de dez anos, geralmente mais de uma vez por mês. É tempo demais, né? Tempo de sobra pra testar quase TODAS as marcas existentes no mercado até descobrir aquela que agride MENOS os meus fios.

Já usei marcas "normais" e profissionais. Já pintei os cabelos em salão, em casa, na rua, na chuva, na fazenda... Já gastei pequenas fortunas com coloração. Já cheguei ao ponto de usar as tintas mais caras, nos salões mais caros e não conseguir um resultado bacana.

Até pouco tempo atrás, eu usava a Igora, da Schwarzkopf. Passei um bom tempo usando essa coloração (e nem assim consegui aprender a pronunciar o nome da marca) até que, em um belo dia de chuva, a cabeleireira me aconselhou a trocar de tinta, visto o estado deplorável dos meus fios.

Segundo ela, a Igora é uma tinta muito forte, mais indicada pra pessoas com cabelos mais grossos, mais resistentes à química.

Resolvi seguir seu conselho e corri pra perfumaria. Diante de milhões de opções, escolhi a Maxton, uma tinta baratinha, que eu já tinha usado há um tempo atrás e acabei largando porque não fabricavam o tom que eu usava na época (6.2).



Comprei a cor 6.1 (Loiro escuro) e se não me engano, paguei R$ 5,80 pela bisnaga. Eu sempre compro a ox por fora, pois a que vem na caixinha é de 20vol e eu uso a de 10vol.

Pronto, encontrei a salvação! Consegui deixar meus fios no tom natural, e com um brilho e maciez dignos de capa de revista! No salão, encontrei várias outras fãs da Maxton, conhecida como a "tinta baratinha que deixa o cabelo tããão brilhoso!"

Se até pouco tempo atrás o meu gasto mensal com coloração ficava por volta dos R$ 100, hoje não ultrapassa os R$ 15. Né lindo? Inda mais que o resultado tem sido muuuuito mais satisfatório:)

Como eu uso o Mix Blue da Yamá (pra evitar que os fios fiquem alaranjados com o tempo) uma bisnaga é suficiente, pois misturo com 1/3 do Mix sempre que vou fazer coloração.

Por isso, colhéga, se você (assim como eu) é escrava da tinta, dá uma chance pra Maxton, descobre o tom que fica legal pra você e sijóga!

Lembrando que esse post não é patrocinado pela marca. Se bem que eu adoraria (Maxton, cai nimim!). Estou falando porque usei, gostei e super recomendo!

7 comentários:

Amy disse...

Bah... tbm adoro a maxton, já usei de tudo, e hj vi no cabelo de uma guria uma cor que amei, que é dessa igora. Mas agora me preocupei pq tu disse que é mto forte, e to pensando em descolorir o cabelo pra pintar... então acho que vou escolher outra cor... quem sabe (já que descobri um descolorante que não qubra meu cabelo - com definitive e progressiva -), acho que fico ruiva de vez!

Da onde são essas cores da primeira foto do post??

Bju

Manu disse...

Adoro a forma como vc escreve Lenyssa! mto bom o post!!!
bjs

Juliana. disse...

Meu cabelo é naturalmente cacheado e por isso nunca quis usar tintura, que era pra não piorar.
Daí, há uns seis anos tenho usado ele com definitiva, lisinho, lisinho. E no ano passado resolvi radicalizar e fazer umas mechas loiras.

Nha, ficou legal, mas eu fiquei meio com cara de velha. ;/ Desisti. Agora tô "californiana", porque deixei crescer e as mechas ficaram só nas pontas. Gostei mais!

Jaci Sales disse...

Eu comecei a pintar com 11, ou seja, 12 a 13 anos de tintura. Já ia mesmo te falar da Igora. Eu usava quando tinha o cabelo vermelho (antes de descobrir as cores fantasias) e achava ótima, mas realmente é bem forte. Eu já usei Maxton também, pq não tinha a tinta que eu queria da Garnier (minha paixãozinha) e gostei. Pintou direitinho, não estragou muito e ainda custa pouco! Também recomendo! Beleza de Creuza total! Allow Maxton, que tal um patrocínio aqui pra gente, hmmm?!

Jana disse...

Nossa amo a maxton!!acho q ela deixa meu cabelo com efeito que saiu do salao por mais tempo!! super recomendo tbm!!
bjao lindeza!!

Aline Costa disse...

adorei na rua, na chuva e na fazenda...kkk
as vezes sinto vontade de mudar a cor dos belos, mas morro de medo!!!

bjinhus

You Really Rock Me disse...

Eu já usei todas as marcas possíveis e impossíveis - realmente a Maxton é uma das melhores!